Pontos TAP

Campanhas

Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2011 JoomlaWorks Ltd.

Testemunhos

Luís Santiago
Apesar de a terra vermelha ter acabado por desaparecer das solas dos meus pés, Cuamba e o seu povo nunca me saíram do coração e nunca estiveram longe dos meus pensamentos. O mês de Dezembro foi tempo de cumprir o período de férias em Portugal que marca a transição para o segundo ano de missão.
Teresa Cruz
Para vos dizer a verdade sinto que, por vezes, para escrever estes testemunhos precisava de vestir a pele de quem me dá histórias para vos testemunhar. Bem sei que o suposto é testemunhar a minha própria vida aqui mas sinto-me em construção por tanta Graça recebida até agora. Sinto que o que tenho de testemunhar são as testemunhas de sobrevivência que vivem no Bairro e que, sobrevivendo, vivem mais do que eu.
Constança Nunes
Com alguma imaginação podemos comparar a dinâmica organizacional e participativa do Grupo Comunitário da Boa Morte à dos Cavaleiros da Távola Redonda, pela primeira vez escrita por Wace, no século XII. Na lenda, os Cavaleiros escolhidos pelo rei reuniam-se na Távola Redonda, simbolizando a posição de igualdade e a honra para os homens de confiança do rei, a fim de discutirem e definirem estratégias de batalha.
Diogo Gaspar
Não, não tenho intenção de reescrever o Sermão da Montanha sobre as 9 fórmulas de felicidade mais conhecidas como Bem-Aventuranças. Quero apenas constatar mais uma fórmula de felicidade. Ora vejamos…
Marta Horta
Sempre gostei do Natal. Sou aquela pessoa que, mal acaba o verão começa a contar o tempo para o Natal. Gosto das músicas, das luzes e da magia que se vive nas ruas da cidade do Porto. Sou adepta assídua da manta, do sofá e dos filmes (sempre os mesmos) que passam na televisão nesta altura. Mas acima de tudo, o Natal para mim é família, paz, alegria, frio lá fora e um calor no coração ao qual nunca soube bem dar um nome.
Pia Ornelas
Em Portugal utilizava com frequência a típica expressão: o Natal é quando o Homem quiser… Usava-a em parte para me “descartar” de alguma coisa, ou de um jantar que não podia ir, ou de uma prenda esquecida ou sem grande entusiasmo para a comprar, ou até mesmo de uma “boa ação” de Natal.
Joana Antunes
Uma vez por ano, os gestores de projeto das missões dos Leigos para o Desenvolvimento visitam o terreno. É um tempo muito rico para todos, no qual os gestores de projeto estão nas comunidades locais, nos projetos e connosco, as comunidades LD.
Rita Marques
Sempre gostei de padrões.África tem sido um belo padrão na minha vida… Há dois meses Benguela é o padrão nos meus dias. Padrões que abraçam pessoas, objetos e momentos. O primeiro dos dias vem da voz do moço da Hiace. Não falha: 6h é a hora de acordar com o chamamento daqueles que querem fazer caminho até ao Bairro da Graça. Os outros vão surgindo no decorrer dos dias, fazendo lembrar o tanto que Deus dá.

Notícias

Foi em ambiente de festa, de muita alegria e boas ondas, que no passado dia 10 de fevereiro se inaugurou a nova casa de Surf de Porto Alegre “Kê Surf Bodó Plé”*. Um espaço muito desejado pelos surfistas de Porto Alegre, que participaram ativamente na sua construção.
Decorreu no passado dia 12 de janeiro, no Salão Nobre da Administração Municipal de Benguela, o Fórum de Governança Local Partilhada, no seguimento da implementação do projeto “GPS da Governança Local – Gestão, Planeamento e Sustentabilidade”, organizado e dinamizado pelo Grupo Comunitário do Bairro da Graça.
Demos por concluído o processo de recrutamento para a vaga de Coordenador(a) de Projetos para o Programa de Desenvolvimento Comunitário na Caparica-Pragal, em Almada.
Antes da Palestra Histórias de Vida Incríveis começar, já um grupo de jovens esperava à porta da sala 2 do Centro Juvenil da Graça. Entre eles, Cesário Higino, partilhava as suas expectativas: “Com esta palestra espero receber forças para superar na vida. Espero saber sobre a vida do palestrante e conseguir lidar com os obstáculos que vou encontrando. Em alguns momentos, no Grupo Comunitário da Graça, o Professor já foi partilhando algumas coisas mas talvez este seja o momento mais específico para falar mais sobre ele”.
Se Alexandre Dumas ainda fosse vivo e se, por acaso, conhecesse a história da construção do novo Espaço Criança (EC), com certeza que lhe viria a cabeça a possibilidade de reinventar o seu romance “Os Três Mosqueteiros”. Neste caso os mosqueteiros não seriam Athos, Porthos e Aramis, mas sim a Teresa, o Clemente e o Vicente… Enquanto o D 'Artagnan, esse seria o Salu. E quem melhor para nos contar como está a ser vivida esta história, se não os próprios Mosqueteiros?!
Para o Grupo Comunitário do Bairro da Graça o ano de 2017 terminou em festa, já sabido o tanto que o início de 2018 traria. Foi no passado dia 3 de janeiro que chegou a Benguela o Professor Doutor Rogério Roque Amaro, professor do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, para acompanhar os trabalhos do Grupo Comunitário.
Eram 7 horas da manhã do dia 16 de Dezembro e o grupo de Mulheres de Porto Alegre Trabá só cá dá tê(¹) reunia-se alegremente ao redor dos tachos e temperos coloridos. Finalmente, tinha chegado o dia tão ansiado e preparado há meses.
No âmbito do apoio da Fundação Calouste Gulbenkian num projeto piloto de promoção do Tchiloli enquanto resposta de Indústria Criativa, o Teatro Viriato de Viseu, fez-se representar por Graeme Pulleyn, encenador e Ricardo Machado, coreógrafo, de 12 a 19 de dezembro na Cidade de São Tomé, mais propriamente no Bairro da Boa Morte para uma semana de diagnóstico.
A ONGD - para o Desenvolvimento (LD) procura, para colaborar no Programa de Desenvolvimento Comunitário na Caparica e Pragal, em Almada, um(a) Coordenador(a) de Projetos que será responsável pela coordenação e gestão dos projetos do referido Programa, incluindo a coordenação e supervisão da equipa de terreno.