Notícias

O Grupo Comunitário do Bairro da Graça ao serviço!

O Grupo Comunitário do Bairro da Graça, em Benguela, nos últimos meses tem vivido grandes feitos para a sua história. Feitos que trouxeram desafios ao trabalho do grupo, mais responsabilidade e o assumir de novos horizontes. E, como este grupo não vive sem alegria, estes últimos tempos têm sido também de festividades.

Em março, Martinho Raúl, membro da coordenação do grupo, iniciou a participação na Formação Jurídica Básica promovida pelo Mosaiko | Instituto para a Cidadania. Esta formação permitirá ao Raúl aumentar os seus conhecimentos na área do Direito e, mais do que isso, com esta formação o Raúl ficará capacitado para ajudar qualquer cidadão que necessite de defesa na resolução de algum caso jurídico.

Ainda no mês de março, o grupo organizou e participou no I Seminário de Direitos Humanos – Direito à Liberdade de Expressão. Este seminário contou com a participação de cerca de 30 representantes das entidades. Com a ajuda do Frei Júlio Candeeiro e do José Samoco, oradores pelo Mosaiko | Instituto para a Cidadania, foram dois dias de reflexão em conjunto sobre os direitos e deveres de cada um de nós quanto à liberdade de expressão, e também de reflexão sobre o papel da Comunicação Social. Houve ainda momentos para a partilha das experiências dos participantes quanto a situações vividas relativas a esta problemática.

Participantes I Seminario de Direitos Humanos Direito a Liberdade de ExpressaoParte do grupo de participantes do I Seminário
de Direitos Humanos – Direito à Liberdade de Expressão

Em abril foi, com entusiamo e alegria, que o grupo recebeu o convite para moderar o debate sobre Desenvolvimento Comunitário, realizado pelo Mosaiko | Instituto para a Cidadania. O Pastor Benedito Huambo, representante da Igreja Tocoísta e primeiro Coordenador do grupo, e Rita Marques, voluntária dos Leigos para o Desenvolvimento, deslocaram-se até Luanda a fim de dar testemunho do trabalho desenvolvido ao longo destes sete anos. Lá, esperavam-nos cerca de 70 pessoas a quem mostraram a experiência vivenciada ao serviço da comunidade do Bairro da Graça. Com elas tiveram ainda a oportunidade de conversar, refletir, levantar possibilidades de novas atuações para o desenvolvimento das comunidades e debater sobre velhos e novos desafios do povo angolano.

DEBATE 14 Abril 2018 Desenvolvimento Comunitario 103
Grupo de participantes do debate, no django nas instalações do Mosaiko

A 26 de abril de 2018 o grupo chegou à sua centésima reunião! As entidades pertencentes ao grupo juntaram-se, primeiramente para a realização da reunião, e depois para um lanche partilhado, onde todos juntos cantaram os parabéns. A felicidade estava estampada no rosto de todos. Foram 100 reuniões a sentar à mesma mesa 45 entidades tão distintas, mas que de três em três semanas, demostram que é possível acontecer e acontecer pela casa que é de todos: o Bairro da Graça. As palavras deixadas pelos presentes, e pelos que mesmo distantes se juntaram à festa, foram de força para o futuro porque “a Graça” ainda precisa do Grupo Comunitário que nasceu por ela e para ela.

Lanche partilhado na comemoracao da 100 Reuniao 

Lanche partilhado do Grupo Comunitário, na comemoração da 100ª Reunião

Tudo o que foi vivido surge como fruto deste tempo ao serviço das pessoas do Bairro da Graça, apoiado pelo Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, pela Fundação Misereor, no âmbito da implementação do projeto “GPS da Governança Local” – Gestão, Planeamento e Sustentabilidade”, e pela parceria com o Mosaiko | Instituto para a Cidadania.