Testemunhos

Caminhar sem ver o caminho

Há mais de 10 meses em Benguela, a aproximação do final do meu tempo de missão desafia-me agora a repetir o salto de confiança que me trouxe até aqui. Pensar na partida, na entrega de tantas coisas que já sinto como minhas e na incerteza do futuro, traz a tentação de sentir medo e ansiedade por desconhecer o caminho que se abre à minha frente.

Continuar...

Testemunho de um dos protagonistas do Bairro da Graça

Não se fala atualmente do bairro da Graça sem que se fale do seu Grupo Comunitário, mesmo que de uma forma indireta, pois falar do Grupo Comunitário no Bairro é falar, sem sombra de dúvidas, das grandes mudanças que o Bairro tem vindo a presenciar.

Continuar...

Quanto carrega uma simples formiguinha?

Quem já passou por São Tomé e Príncipe saberá que, para além de praias e roças, há neste pedaço de paraíso perdido no Atlântico um imenso legado cultural entregue a gentes genuína e simples. Aqui, enquanto se cruzam paisagens com cores que escapam ao melhor dos smartphones e que te convidam a deixares para trás quaisquer tecnologias e te limitares a contemplar, sentes o fervilhar de um povo que caminha dançando e que vibra com a mais pequena manifestação cultural. Sítio onde, por mais dura que a vida seja, batuques, instrumentos improvisados ou o soar de uma flauta reúnem multidões…

Continuar...

Operação futuro risonho

Seis da manhã. Passo por grupos de crianças de mochila, dou e recebo os bons dias - “Bom dia, Cátárrina!”- e sigo, em passo apressado, de volta a casa após uma caminhada matinal, por entre o verde da vegetação, o azul do céu e do mar e ao som da melodia de diversos passarinhos coloridos. Se à ida caminhei sozinha, à volta não me falta companhia.

Continuar...

Maravilhas faz em mim

…quando confia e dá oportunidade de viver esta tão bonita missão LD

…quando dá opção de escolha e ilumina nos momentos de maior desorientação ou pressão, ajudando a decidir com liberdade e paz interior

…quando ajuda a crescer também através das pedras, pedregulhos e areias movediças que vão aparecendo ao longo do caminho

Continuar...

Quão alto é o silêncio?

Quanto é que acham que ele mede? Será entre um metro e dez e uns trinta metros? Acho que dificilmente dá para o medir metricamente, mas sonoramente serei capaz de o medir? Somos capazes de o escutar e avaliar? Sabemos encontrar esse espaço na nossa vida e, medindo-o, perceber o quão alto ele nos fala?

Continuar...