Testemunhos

O início

Por onde começar? Como começar? Como fazer?

É sempre assim o início, grosso modo. São as dúvidas de como fazer, de que passos dar e até que palavras dizer. Pensamos até no que vamos vestir e como nos vamos arranjar. É assim quando preparamos o início de um novo ano escolar, de um trabalho e mesmo o início de uma história de amor.

Até o início deste texto levanta as questões de base daquilo que quero construir.

Mas, como não podia deixar de ser, é de uma história de amor que vos quero falar.

Continuar...

Instante mágico

Li há algum tempo, algures, que todos os dias Deus nos dá, juntamente com o sol, um momento em que é possível mudar tudo aquilo que põe em causa a nossa felicidade. Nesse pequeno excerto, chamaram a esse momento o “instante mágico", um instante em que, segundo os experts na matéria, toda a força das estrelas passa por nós e nos permite fazer milagres.

Continuar...

Estou aqui para amar

As pessoas que habitam este fascinante país espanta(ra)m-me com a sua graciosa bondade e os seus modos gentis. Ainda hoje vejo, de olhos escancarados, como vacas, cabras e galinhas passeiam em liberdade pelas vilas e aldeias enquanto as crianças curiosas deambulam por entre as cabanas e lojas improvisadas (como os pequenos comércios que vendem bebidas enlatadas, alguidares de zinco ou crédito para telemóveis).

Continuar...

A alegria das vitórias

“Ainda pior que a convicção do não e a incerteza do talvez é a desilusão de um quase. (…) Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase morreu está vivo, quem quase amou não amou.”

Continuar...

As 10 Garantias

Quando se parte na sua missão (e.g. missão pelos Leigos para o Desenvolvimento), acima de tudo um missionário parte com uma lista de inegociáveis, uma lista de responsabilidades altíssimas, que até nos custa aprender a sua importância e peso. Ora falo dos 10 mandamentos, principalmente daqueles dois que nos desafiam a deixarmos de ser ‘o’ ou ‘a’ e passarmos a ser ‘Dele’.

Continuar...

Pontes em Missão

Uma imagem marca e traduz o início da minha Missão: Pontes. Esses primeiros tempos foram marcados pelas várias pessoas, grupos, movimentos e outras entidades que me foram apresentados, e pelos conselhos experientes, deixados por aqueles que entregavam nas minhas mãos este projeto, de como ligados todos estes “pontos” poderiam juntos trabalhar em prol do desenvolvimento.

Continuar...