Testemunhos

Laços que se criam, fortalecem e dão sentido à missão

Estou em missão em Benguela há quase três meses e, embora me tenham aconselhado a não esperar chegar e arregaçar logo mangas, começar logo a fazer coisas e a ver resultados concretos das nossas acções, a verdade é que inconscientemente, cheia de energia e entusiasmo, me foi inerente essa postura.

Continuar...

Quando A Chuva Pára...

"O tempo perguntou ao tempo quanto tempo o tempo tem, e o tempo respondeu ao tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo o tempo tem."
Estamos em tempo de Advento que é o mesmo que dizer, tempo de espera para ver Quem Vem. E para mim, Aquele que Vem, vem todos os dias em cada um dos rostos, em cada um dos gestos, em cada uma das lágrimas, em cada um dos sorrisos, de todos aqueles que surgem, e por quem me cruzo, quando a chuva pára.

Continuar...

A visão romântica da missão… ou a sua desmistificação!

Vi na Net que os Leigos para o Desenvolvimento estão a realizar sessões de apresentação para futuros voluntários. Lembro-me que, há um ano atrás, fui assistir a uma delas no Porto. Levava em mim a vontade de ajudar e a visão romântica da Missão em África. Agora, encontro-me em missão, quase há 2 meses, no norte de Angola. Já começo a ver o romantismo ao longe e a realidade a aproximar-se. Daí que este testemunho tente ser isso mesmo, o meu testemunho do que vi, vejo e sinto.

Continuar...

Mar recebe e entrega mais...

 

Há quase dois meses em São Tomé e Príncipe, sinto que o tempo corre depressa, embora esta seja a terra do "leve leve", uma expressão santomense cujo sentido é qualquer coisa do género "não há pressa" ou "sem stress".

Continuar...

Chegado a São Tomé e Príncipe…

Chegado há um mês a São Tomé e Príncipe, treino os sentidos para um ano de vida em missão, dando sentido ao chamamento que fui reconhecendo no decorrer do ano de formação.

 

Continuar...

A concretização de um sonho!

Cheguei ao Uíge apenas há três semanas e desde logo me senti cheia de Espírito Santo. A terra, os cheiros, as pessoas ...! É estranho e por vezes até confuso mas a verdade é que aqui, nesta terra, apesar de todas as adversidades, sinto a presença de Deus de uma forma mais enérgica e intensa.

Continuar...