Testemunhos

Caminhar sem ver o caminho

Há mais de 10 meses em Benguela, a aproximação do final do meu tempo de missão desafia-me agora a repetir o salto de confiança que me trouxe até aqui. Pensar na partida, na entrega de tantas coisas que já sinto como minhas e na incerteza do futuro, traz a tentação de sentir medo e ansiedade por desconhecer o caminho que se abre à minha frente.

Porém, este período tem-me mostrado que compensa ter esperança e confiar. Só abandonando-nos confiantes, abrindo-nos à mudança e dando espaço à surpresa e à novidade damos sabor aos nossos dias, encontramos novos caminhos ou fazemos novos os caminhos de sempre. Quando já nada o fazia prever, tive o privilégio de presenciar a concretização de um sonho tão belo quanto ambicioso: o início da construção do novo equipamento do Espaço Criança. Tem sido uma imensa graça comprovar que a generosidade e o amor são contagiantes, assistindo à materialização do nosso lema: o desenvolvimento é (mesmo) o envolvimento de todos.

Inicio Obras Espaco Crianca

Ser cristão é ter o privilégio de poder confiar sem limites. Ser LD (ser Leiga/o para o Desenvolvimento) é ser movido por esta confiança num mundo melhor que nos chama à entrega e à ação. Conscientes das nossas fragilidades e limitações, trazemos em nós a força de acreditar, de sentirmo-nos guiados e acompanhados mesmo perante adversidades. Sem confiança, passamos pelos dias colados ao chão, rejeitando a vida que se cria e nos cria quando nos abrimos ao desconhecido.

Sinto-me agora desafiada a viver a paz de confiar que o “meu” Espaço Criança continuará o percurso seguro rumo à autonomização, com uma direção comprometida e jovens monitores empenhados em ser parte ativa no desenvolvimento da sua comunidade; que o novo equipamento beneficiará as nossas crianças como há tanto sonhamos; e que a nossa intervenção no Bairro da Graça se refletirá a longo prazo em desenvolvimento efetivo do bairro e do país.

Procuro a coragem de viver confiante os tempos de mudança que se aproximam e a ousadia de ter sempre mais esperança do que medo. Que eu me gaste até ao último dia com a entrega do primeiro, vivendo o presente de forma serena e comprometida, neste desejo profundo de uma vida com sentido e verdade.

Não vejo o caminho em frente mas sinto-me irrecusavelmente convidada a avançar com confiança rumo à felicidade, ao Amor, aos outros e a mim mesma.

Carina Figueiredo
Benguela, 2016-2017